quarta-feira, 23 de junho de 2010

Meus dedos vão traçando a silhueta magra e anoréxica da perfeita anatomia do silêncio .

2 comentários:

Sarah Slowaska disse...

Putaquepariu.
É a única coisa que tenho para dizer neste momento.
Nunca na vida pensaria numa coisa destas.
Perfeito!

Até parece que aos 15 anos eu escrevia coisas assim. Ui...

Um beijo querida!

sunshine disse...
Este comentário foi removido pelo autor.